PodePeste #3 - Arte e FOTOGRAFIA

PodePeste entrevista Prof Luciana Padilha

Fotografia é arte?

Luciana Padilha é Mestra em Design pela Universidade Federal de Pernambuco (2010). Possui Especialização no Ensino de Artes (2005) e Graduação em Licenciatura em Educação Artística também pela Universidade Federal de Pernambuco. Em outubro de 2014, tornou-se Professora de Artes do IFPE Campus Olinda, tendo em fevereiro de 2015 assumido também a Direção de Ensino e posteriormente a Direção Geral do Campus onde desenvolveu um projeto de extensão com a fotografia como suporte.

 

Para ela, a História da Fotografia mostra a evolução do interesse do homem pelo processo fotográfico e consequentemente a evolução do maquinário e componentes envolvidos na fotografia, desde o seu surgimento, com o estudo científico dos processos químicos e físicos na fixação da imagem, passando pelo interesse econômico com o surgimento da Kodak, que popularizou a fotografia, ao facilitar o ato de fotografar, até o entendimento da fotografia como expressão artística.


 

IMAGEM DE FUNDO

 

Detalhe Capela do Santuário Mãe Rainha, Ouro Preto – Olinda-PE (Dispositivo móvel/celular. Fotografia: Luciana Padilha)

A imagem faz parte do Projeto de Extensão Visualidades Fotográficas de Olinda, desenvolvido no Campus Olinda do IFPE e citado na entrevista.

Em sua análise, Padilha vê esse processo histórico ocorrendo de forma conjunta, citando como exemplo os estudos de Anna Atkins (1799 - 1871), que, apesar de ter como objetivo o estudo do registro fotográfico em cianotipia e os elementos químicos envolvidos nesse processo, as fotografias de Anna têm uma beleza estética inegável.

 

Sobre seu projeto, desenvolvido no IFPE, Visualidades Fotográficas de Olinda, ela tenta trazer, além do olhar estético da fotografia, como o enquadramento e a composição da imagem, os mais variados processos técnicos utilizados para gerar uma fotografia. Pinhole, Cianotipia e Goma bicromatada são alguns desses processos, assim como ofertar oficinas à comunidade, criando ao final um catálogo impresso que servirá como referencial tanto para estudantes e pesquisadores das áreas de Artes e Comunicação, como para o mercado local.

Se perdeu em alguma referência dada no programa? Se liga que a gente te explica!

GALERIA DESTA EDIÇÃO